Brasil perde dois Emmys, mas segue indicado em outras categorias…

No dia 17 de setembro ocorreu a solenidade de entrega do “70th Primetime Emmy Awards”, a cerimônia mais conhecida e festejada do Emmy, prêmio entregue pela Academy of Television Arts & Sciences. É a festa mais popular, mas não a única.

Ao longo do ano, outras produções de todo o globo são homenageadas com troféus da Academia de Televisão estadunidense. No dia 01 de outubro foram anunciados os vencedores das categorias ligadas ao jornalismo, com indicados do mundo inteiro.

O Brasil concorria com duas produções. A primeira é da Globo News, “Rebelião na Penitenciária de Alcaçuz – A crise no sistema prisional brasileiro”, com a cobertura do confronto em uma cadeia do Rio Grande do Norte; a vencedora foi a britânica Sky News, com a cobertura sobre a crise da minoria islâmica rohingya, em Mianmar.

A segunda indicação brasileira da noite também era da Globo News, o documentário “Os filhos da Maria da Penha”, que trouxe depoimentos dos filhos de mulheres que sofreram violência doméstica. quem levou o troféu foi “White Right: Meeting the Enemy”, uma parceria da Fuuse Films com a ITV, do Reino Unido, que mostrou um cineasta muçulmano com neonazistas e nacionalistas em uma manifestação de extrema direita nos EUA.

Perdemos ontem duas estatuetas, mas temos mais brasileiros na disputa pelo Emmy Internacional. A 46ª edição da solenidade para programas de entretenimento ocorre no dia 19 de novembro. Destaque para  “1 Contra Todos”, da Fox, que concorre na categorias de Melhor Série – Drama com o sucesso mundial “A Casa de Papel”.

Concorrem ao prêmio as produções e artistas brasileiros:

Melhor Programa Artístico: “Palavras em Série” (GNT / Hungry Man)
Disputa com: “David Stratton’s Story of Australian Cinema” (Austrália / Stranger Than Fiction Films); “Dreaming of a Jewish Christmas” (Canadá / Riddle Films); e “Etgar Keret, gebaseerd op een waar verhaal” (Holanda / Baldr Film / NTR Television)

Melhor Ator: Júlio Andrade (por “1 Contra Todos Brasil” – FOX Brasil / Conspiração Filmes)
Disputa com: Billy Campbell (por “Cardinal” – Canadá / Sienna Films / Entertainment One); Lars Mikkelsen (por “Ride Upon the Storm” – Dinamarca / DR Drama / ARTE France / SAM le Français / DR Drama / ARTE France); e Tolga Sarıtaş por (“Söz” – Turquia / Tims&B Productions)

Melhor Atriz: Denise Weinberg (por “Psi” – Brasil / HBO Latin America / O2 Filmes)
Disputa com: Thuso Mbedu (por “Is’Thunzi” – África do Sul / Rapid Blue); Anna Schudt (por “Ein Schnupfen hätte auch gereicht” – Alemanha / Zeitsprung Pictures / RTL Television); e Emily Watson (por “Apple Tree Yard” – Reino Unido / Kudos)

Melhor Documentário: “Eu Sou Assim” (GNT / TV Zero)
Disputa com: “De Wereld van Puck” (Holanda / KURTA / EO Television); “Goodbye Aleppo” (Reino Unido / BBC Arabic); e “IPC & WOWOW Paralympic Documentary Series WHO I AM” – Season 2 (Japão / WOWOW / Acrobat Film)

Melhor Série Dramática: “1 Contra Todos” (Conspiração Filmes / FOX Networks Group LATAM)
Disputa com: “Inside Edge” (Índia / Amazon Studios); “La Casa de Papel” (Espanha / Vancouver Media / Atresmedia Televisión); e “Urban Myths” (Reino Unido / Happy Tramp Productions / Sky plc)

Melhor Telefilme/Mini series: “Mais Forte que o Mundo” (Globo Filmes / Globo / Black Maria / Paris Entretenimento)
Disputa com: “Kurara: The Dazzling Life of Hokusai’s Daughter” (Japão / NHK Enterprises / NHK); “Man in an Orange Shirt” (Reino Unido / Kudos); e “Toter Winkel” (Alemanha / Geissendoerfer Film & Fernsehproduktion / WDR)

Foto: Equipe do Grupo Globo indicada ao prêmio Emmy Internacional de Jornalismo — Foto: TV Globo

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o autor

David Denis Lobão

www.000webhost.com