A Assembleia Legislativa de São Paulo divulgou em seu site nesta quinta-feira, dia 31 de janeiro, a 7ª edição do “SP Transvisão – Semana da visibilidade de travestis, mulheres transexuais e homens trans“, realizado pela SP Escola de Teatro até o dia 2 de fevereiro Download app apple tv.

Com debates sobre políticas de igualdade social e jurídica, neste ano o tema abordado é “Resistir para existir – nossas vidas importam” herunterladen. A programação, gratuita e distribuída por toda a cidade de São Paulo, inclui apresentações artísticas e passeios como caminhadas.

A iniciativa nasceu em 2013, com o intuito de fazer com que a escola abraçasse ainda mais a diversidade social herunterladen. A edição deste ano é promovida em parceria com o governo estadual, por meio das secretarias da Saúde (Coordenadoria de Controle de Doenças), de Cultura e Economia Criativa e de Justiça e Defesa da Cidadania (Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual) antivirus free. A Defensoria Pública do estado (Núcleo de Defesa da Diversidade e da Igualdade Racial) e a prefeitura também participam – secretarias municipais de Saúde (Programa Municipal de DST/Aids) e de Direitos Humanos e Cidadania (Coordenação de Políticas para LGBTI) -, além do Sistema Único de Saúde (SUS), da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e de ONGs e centros atuantes nas causas LGBT sonic the hedgehog herunterladen.

Para mais informações: http://www.spescoladeteatro.org.br/retrospectiva/sp-transvisao