O remake de “Rebelde” chegou à Netflix com uma novidade inclusiva: a atriz transexual Paula Sabbatini, conhecida pelo nome artístico Paulette Pink, participa como dubladora da nova série mexicana gam. Ela já atuou em programas como “Bofe de Elite”, do “Show do Tom”, e “Beija Sapo”, da MTV.

Paulette dubla Karla Sofia Gazcón no papel da inspetora Lourdes herunterladen. Karla é uma atriz transexual espanhola que já atuou em novelas como “El Señor de los Cielos”, “Hasta el fin del mundo” e “Corazón salvaje” herunterladen.

A versão brasileira da nova série de “Rebelde” ficou com o estúdio TV Group Digital e direção de dublagem de Michel Di Fiori. Conheça todo o elenco de vozes aqui herunterladen.

Nos últimos meses estúdios de dublagem estão buscando atrizes e atores trans para dublarem personagens transexuais. Em busca de diversidade a série “Sort Of” bateu recorde de dubladores transexuais (leia aqui) download instagram's own story. Rupaul Drag Race UK também procurou ser inclusiva e colocou drags dublando drags (saiba mais aqui) german download mahjong games.

Recentemente o dublador trans Gabriel Lodi dublou o ator trans como o ator trans Scott Turner Schofield como Robin em “Antonia, uma Sinfonia”, para a Netflix, e a dubladora trans Leona Jhovs foi a voz da atriz trans Rebecca Root (Miss Lonsdale) em “O Gambito da Rainha”, também no serviço de streaming kara ladybeetle for free.

E nem só para a Netflix são feitas dublagens mais inclusivas. O filme “El(a)”, da Globoplay, conta com a dubladora trans Alexia Vitória dublando a atriz trans Laura Badler como Lucie.