Começa no dia 17 de janeiro o “Big Brother Brasil”, em uma edição recheada de novidades mcafee kostenlos download. Estão previstos 95 episódios para o “BBB 22”, que deve terminar em 21 de abril. Neste ano com um novo apresentador, Tadeu Schimidt, e dois novos comediantes fixos: Dani Calabresa e Paulo Vieira mit amazon music für pc und mac herunterladen.

Então para aquecer, vamos lembrar algumas curiosidades sobre vencedores e vencedoras do “BBB”.

Nos países que tiveram mais edições comuns do “Big Brother”, o Brasil é o que mais teve campeãs mulheres apple apps herunterladen. Tivemos 11 até o momento. Em segundo lugar a Espanha com 9. Depois empatados EUA e Reino Unido com 8 cada. E por fim, França e Portugal com 7.

Duas pessoas homossexuais assumidas já levaram o prêmio: o gay Jean Wyllys e lésbica Vanessa Mesquita, que protagonizou o primeiro beijão entre duas mulheres, em 2014, com a bissexual Clara Aguilar ting herunterladen. O primeiro beijo entre dois homens viria somente em 2021 com Gil do Vigor e Lucas Penteado.

O único homem negro a vencer o “BBB” foi Jean Wyllys, mas já tivemos quatro mulheres: Cida dos Santos, Mara Viana, Gleici Damasceno e Thelma Assis ps4 spiele herunterladen kaufen.

Marcelo Dourado foi a única pessoa que participou duas vezes do “BBB” e venceu. Kleber de Paula e Dhomini Ferreira são dois campeões que tentaram uma segunda chance e não venceram prime video auf fire tablet herunterladen. Após ganhar o “Big Brother Brasil”, Gleici Damasceno foi tentar o “No Limite”, sem sucesso.

Cida dos Santos, a primeira mulher a ganhar o programa, entrou no programa por um sorteio like firefox. Mara Viana, que ganhou dois anos depois, também ingressou ao ser sorteada.

Dos 21 campeões do Big Brother Brasil, somente três continuam na TV. Thelma Assis, campeã do “BBB 20”, é integrante do time de comentaristas do “É de Casa”. Fernanda Keulla (“BBB 13”) está no programa “Encrenca”, da RedeTV!, e Emilly Araújo, do “BBB 17”, foi contratada pela RedeTV! e comanda o programa “Topzera” nas plataformas digitais.